• Bruna Lima

Como tirar uma ideia do papel e começar a inovar na prática?



Parte I — O problema é achar o problema


“Ter a ideia é fácil, difícil é colocar em prática”. Quem nunca ouviu essa frase, em diversas versões por aí? Confesso que sempre que eu a escuto, fico ligeiramente incomodada.


Entendo que ter a ideia em si não garanta sucesso, pois é a execução que vai fazer a

diferença. Mas ter uma ideia assertiva para solucionar um real problema, é um importante começo para que a execução seja mais fluída e tenha sucesso. Isso é óbvio quando dito, porém nem sempre é colocado em prática.


Quando temos um problema para resolver, o natural é que pensemos em soluções o mais rápido possível. Fomos programados para resolver de forma ágil. Já imaginou você ligar para o 0800 do seu cartão de crédito e ter um diálogo assim:


— Queria pedir mais um cartão. — Teve alguma fraude ou furto? — Não, é que nesse eu já tô devendo muito, não tem mais limite. — Nossa… — Mas já pensei nisso, outro cartão resolve meu problema. — Mas não o seu real problema… [Silêncio…]


O termo “real problema”, se refere ao problema raiz, aquele que muitas vezes está escondido embaixo de camadas e mais camadas de impressões equivocadas. E ele é fundamental para a geração de ideias assertiva: do que adianta pensar em soluções incríveis e rápidas, se elas não vão resolver o meu real problema?


Para definir qual é o real problema é preciso entender melhor o contexto, com pesquisas, entrevistas e exercícios. Uma técnica interessante é a dos cinco porquês, que consiste basicamente em responder o porquê da resposta anterior, com o problema base como ponto de partida:



No exemplo do cartão, a solução encontrada pela pessoa para resolver o seu problema foi solicitar um novo, uma solução relativamente simples de ser posta em prática. Mas ao mergulhar mais ainda no problema, foi possível identificar a raiz dele. Logo, a solução para resolvê-lo, também seria outra.


Parte II — A ideia é nossa


Ok, identifiquei um problema, mergulhei a fundo e entendi qual seria a raiz do problema. Com isso, pude pensar em uma ideia para solucioná-lo.


Como colocar em prática?


No cenário atual que vivemos, muita gente perdeu uma parte da sua renda. Para ajudar essas pessoas a desenvolverem um novo negócio, compilamos em 10 passos o que fazemos na prática há anos para ajudar ideias a saírem do papel. Para empresas que querem criar um novo produto ou serviço para atender a necessidade atual do seu cliente, esse Canvas também é pra você.


O Canvas da Ideia foi criado para que você dê o primeiro passo. Aquele que te ajuda a estruturar a sua ideia, para testar no mundo real e ajustar o que for preciso, de forma rápida e com o mínimo de custo.



São 10 passos reais e não apenas um número arredondado. O primeiro quadrante é o do público, do cliente da sua ideia, pois tudo gravita ao redor dele. Logo em seguida vem o detalhamento do problema e só então a descrição da ideia. Se você já tem uma ideia, precisa dar um passo pra trás antes de continuar com tudo. Lembra o exemplo do cartão?


De nada adianta correr para executar uma solução que não vai resolver o real problema do meu cliente.


Não existe milagre para fazer as coisas acontecerem. Respeita o seu tempo e lembre-se: “Continue a nadar. Continue a nadar” (Dory, Procurando Nemo. Pixar, 2003).


Canvas da Ideia disponível em: www.inovaria.com.br/canvas

quer falar com a gente?

canal@inovaria.com.br

+55 11 958 125 731

Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 445

Pinheiros - São Paulo/SP​​

  • Linkedin Inovaria
  • Instagram Inovaria

© 2019 por AQR1